EM 2016 PREFEITURA DE PROPRIÁ GASTARÁ R$ 810 MIL REAIS SÓ EM COMBUSTÍVEL

0
629

O fornecimento teve início em de janeiro com término em dezembro de 2016.

Através do Pregão Presencial de número 27/2015, sob número do Contrato 001/2016, a Prefeitura Municipal de Propriá contratou o Posto Jet7 para fornecer gasolina e óleo pelo valor de R$ 810.200 (oitocentos e dez mil e duzentos reais) por um período de um ano.

De acordo com um cidadão que se posiciona sobre o assunto relatou que “Não está em jogo o nome do fornecedor mais sim o valor da aquisição que, de forma clara, demonstra o volume de combustível que o povo de Propriá está pagando para abastecer os carros públicos do Município. O valor é um absurdo. Se transformados em quantidades de litros dá pra abastecer a viagem da frota de guerra americana por um mês […[.”.E acrescentou, “sabe-se lá os veículos de quem mais […]. De toda forma o Posto é um empregador da cidade de Propriá, más, em termo práticos, estamos falando de um investimento da ordem de R$ 67 mil reais ao mês! Continua sendo alto para Propriá.”, disse o cidadão.

Na pagina do Diário Oficial do Município – link abaixo – existem várias outras publicações de empresas contratadas sendo acessível à qualquer cidadão.

Só agora, cinco meses depois, é que o Diário publicou. Das duas uma: ou a Prefeitura não estava pagando a empresa que abastece o Diário ou a Transparência Pública vem sendo colocada em terceiro plano, mesmo tendo Assessoria de Comunicação.

No caso dos combustíveis são questionáveis os volumes que geram um valor enorme não condizendo para com a “situação de crise” pregada pelo Prefeito José Américo Lima. Seria interessante que a Prefeitura Municipal prestasse algum esclarecimento aos cidadãos propriaeenses.

Questionável o papel da Câmara Municipal e dos vereadores que devem fiscalizar as ações do Poder Executivo, como disse o cidadão M.T.D.

Da redação

Adeval Marques

Zap - Propriá News

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA