CÂMARA MUNICIPAL CONVIDA CHEFE DA SMTT PARA FALAR SOBRE ÁUDIO DE MULTA

0
226

No áudio aparece vários trechos envolvendo números de valores com referência à multa

O Presidente da Câmara Municipal de Propriá, Vereador José Aelson dos Santos, convidou o Coordenador da SMTT, Jorge Luiz da Conceição, para se fazer presente na Sessão Ordinária da próxima quinta-feira, 12/05, onde os vereadores aguardam que ele preste esclarecimentos a sociedade sobre o áudio que vem sendo amplamente divulgado em um caso de suposta negociação de multa. A repercussão é negativa e põe em cheque a moralidade do órgão.

O Presidente esclareceu que a Câmara Municipal é um órgão fiscalizador das Leis e do cumprimento delas, cabendo-lhe zelar pelo bom andamento da ordem pública e que o Coordenador do órgão da SMTT é um funcionário de uma instituição cujo trabalho deve estar acima de suspeitas sobre sua condução administrativas e as práticas adotadas por ela. Aelson acrescentou ainda que todo cidadão deve ter o direito a expressão e defesa e que a Câmara ao cumprir seu papel o faz na condição de representante da sociedade sem que lhe caiba o mérito do julgamento, entretanto, com poderes para cobrar a aplicação da justiça e de procedimentos.

A circulação do áudio viralizou na internet via grupos de whtasapps e muitos cidadãos ficaram incrédulos ao ouvi-lo. “O cidadão que fez a gravação estava consciente do ato e isso mostra a sua coragem e indignação perante a situação […].”, disse um mototaxi. A situação poderá gerar desde processo administrativo pelo Prefeito do Município, chegar às instancias da Justiça, passível de indenização moral ao cidadão e até reclusão. Na opinião de um advogado. “O mínimo que o Prefeito pode fazer é, se for constatada o agravo, afastá-lo do cargo em nome da moral do órgão perante a sociedade […].”, finalizou.

O Coordenador da SMTT já confirmou a vinda e só após a análise da sua fala é que a Câmara Municipal se posicionará sobre o assunto. Se o áudio é ou não sobre negociação de retirada de multa ou outra negociação que envolva a prática só será possível mediante a explicação e análise da situação.

Da redação

Adeval Marques

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta