RESISTENCIA EM PROPRIÁ: PROFESSORES ACAMPAM NA PREFEITURA

0
143
Os professores da rede municipal de Propriá, distante 98 km da capital, Aracaju, ocuparam na manhã de ontem, 10, o prédio da Prefeitura Municipal e anunciaram que só deixarão o local quando forem recebidos pelo prefeito Jose Américo (PSC), que acusa os educadores de estarem fazendo “terrorismo moderno”, pasmem nos senhores.
Humulhados, com salários atrasados e quando estes são efetuados recebem em doses homeopáticas, os professores estão em greve desde o dia 17 de agosto, vivendo hoje em situação aviltante pela forma desrespeitosa como tem sido tratados pela administração municipal, cuja sustentação está por um fio.
Indignados, mostrando capacidade de luta e resistência, a categoria decidiu pela ocupação como forma de sensibilizar o gestor que tem feito pouco caso e pisoteado os protetores das crianças de meu país.
Enquanto os professores tem protagonizado uma das mais belas páginas na luta sindical no Baixo São Francisco, paradoxalmente, o prefeito José Américo tem escrito um conto de terror contra uma categoria que tem recebido da sociedade propriaense manifestações de solidariedade e de nossa parte irrestrito apoio militante.
_______________
por Claudomir Tavares – Corrente Sindical Unidade Classista^SE.
fotos: Enecila Feitoza – SINTESE/Propriá.

SEM COMENTÁRIOS