Desrespeito: escola de Propriá recebe alimentos próprios somente para consumo de animais

0
164
Escrito por Luana Capistrano Ligado . Publicado em Redes Municipais
Macaxeira dura e milho próprio somente para o consumo de gado. Estes foram os alimentos enviados
De tão dura, macaxeira não chegou nem a cozinhar direitopela Secretaria Municipal de Educação de Propriá para os estudantes da Escola Municipal Presidente Costa e Silva, localizada no povoado Boa Esperança. De acordo com relatos a macaxeira estava tão dura que não chegou nem a cozinhar direito, além disso, seu sabor estava amargo. Ao todo 30 quilos de macaxeira e um saco de milho foram entregues na Escola.
“Esta é mais uma prova do descaso da prefeitura para com os estudantes. A secretaria de educação desrespeita o estabelecido pelo Programa Nacional de Alimentação Escolar, não cumpre cardápio e ainda por cima permite que seja enviado a uma escola alimentos que só serviriam para o consumo de animais. Isso é vergonhoso. Por isso, nos mantemos na luta para que o prefeito José Américo e a secretaria de educação aprendam a respeitar a educação e a população de Propriá. Quem respeita o povo respeita a educação”, afirma a representante do SINTESE em Propriá, professora Gil de Aquino.
Os professores da rede municipal de Propriá estão em greve desde o dia 17 de agosto e cobram da prefeitura, além de alimentação escola de qualidade, reforma das escolas municipais (que estão em estado precário); transporte escolar regular; pagamento das férias de junho de 2015 e pagamento dos salários em dia.
Até a presente data a prefeitura ainda não pagou aos professores o salário de setembro e não há previsão para o pagamento de outubro
Agenda de luta dos professores de Propriá
– 28 de outubro (quarta-feira): Encontro com a comunidade do povoado Boa Esperança.
Milho velho, com palhas secas e amarelas próprio para o consumo de gado
– 29 de outubro (quinta-feira) : Encontro com a comunidade do povoado Santa Cruz.
– 30 de outubro (sexta-feira): Encontro com a comunidade do povoado São Vicente.
Programação dos Encontros com as comunidades
18h- Abertura com música
18h:10 -Texto reflexivo
18h:20- Oficina: A Escola que temos e a Escola que queremos
19h:00 – Ciranda Meu Propriá (Paródia Meu papagaio)

 

Fonte: Sintese

SEM COMENTÁRIOS